Os leites vegetais vem ganhando cada vez mais espaço nos supermercados, sendo então muito comum ver as bebidas de soja, amêndoa, arroz e aveia nas prateleiras. O substituto do leite de vaca além de ser apreciado por vegetarianos, veganos e intolerantes à lactose, também é  por aqueles que buscam uma alimentação mais saudável.

 Benefícios para a saúde do leite de aveia

O leite de aveia é rico em fibra auxilia o trânsito intestinal, prevenindo a constipação, é isento de lactose, combate o coleterol por conter uma substância chamada  beta-glutano, contém vitamina E, ferro, entre outras vitaminas e minerais. A aveia é também rica em fitoquímicos, que a faz se considerada um alimento funcional: que reduz risco e previne algumas doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes, a hipertensão, o câncer de intestino entre outras. produtos químicos das plantas que ajudam a lutar contra doenças como o cancro e doenças cardiovasculares. 

O  Leite de aveia é Super simples de fazer e rápido!
Receita l 
Ingredientes
2 xícaras de aveia ou 300ml (em pó ou flocos)
4 xícaras de água (ou à gosto)
Modo de Preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador, coe várias vezes em uma peneira fina ou um paninho de algodão e está pronto para servir: batido com frutas ou adoçado com mel, açúcar mascavo ou como preferir. O leite  puro pode ser conservado na geladeira em média 3 dias. Para melhor conservação colocar em uma garrafa de vidro
Receita 2  - Leite mais encorpado.
Ingredientes
1 xícara ( 150ml) de flocos de aveia 
1,5 litro de água 
Modo de preparo

Cloque os flocos de aveia por 1 a 2 horas de molho na água. Cozinhe a mistura
 por 5 minutos. Espere esfriar um pouco, com a tampa na panela.  Após esfriar, bata tudo no liquidificador. Coe em uma peneira fina ou um pano de algodão e está pronto para servir: batido com frutas ou adoçado com mel, açúcar mascavo ou como preferir. O leite puro pode ser conservado na geladeira em média 3 dias. Para melhor conservação colocar em uma garrafa de vidro.
*Os resíduos  pode ser usado em massas de tortas, mingaus, bolos, biscoitos e outros.

O leite de aveia é excelente para o consumo diário, além de poder ser usado em receitas de sobremesa e pratos salgados , vitaminas, cremes e outros, substituindo o leite de vaca em  diversos preparos.
Investir em um horta em vasos dentro de casa é mais do que ter temperos e ervas à mão, sempre frescos para colher e dá requinte e sabor no preparo de pratos, é também espalhar frescor e harmonia pela casa, é inserir charme e estilo à decoração da sua cozinha ou varanda, além de ser agradável ao olfato e aos olhos, o seu cultivo é extremamente terapêutico, sendo indicado como atividade para alívio do stress.  

A mini-horta é também ideal para quem não dispõe de muito tempo, mas deseja manter “vivo” o contato com a terra e as plantas. As ervas e temperos podem ser facilmente cultivadas na área interna ou externa, em vasos individuais ou várias espécies em conjunto no mesmo vaso, desde que  as necessidades de água e luminosidade seja semelhante entre as espécies.

Para inspiração, confira 15 soluções criativas para montar sua horta de um jeito bonito, elegante e criativo.









 



Bolo de Fubá sem lactose e sem ovos 


Receita de Nível: Fácil

INGREDIENTES

  • 1 Ovo - (pode substituir por uma colher de linhaça) - deixe 1 colher de linhaça de molho em água morna por 10 minutos e use. 
  • 1 Copo de leite(substituir por leite de aveia, uma opção mais leve ou: leite de coco, uma opção mais calórica).
  • **Leite de aveia: (bater no liquidificador 1 copo de água com 1 colher de farinha de aveia  e usar na receita em substituição ao leite animal).
  • 1 Copo de açúcar
  • 1 Copo de fubá fino
  • ½ Copo de farinha de trigo integral(divida entre a branca e a integral/metade de cada uma).
  • ½ Colher de fermento químico
  • ½ Xícara de óleo (pode substituir para menos de meia xíc.)
  • 1 Uma pitada de sal
  • *Pode polvilhar grãos de erva doce

MODO DE PREPARO

Bater tudo no liquidificador e assar em forno quente inicialmente e depois baixo por 40 minutos.



Salada de pepino tomate  abacate

O nosso clássico pepino e tomate da salada nossa de cada dia, se transformam, ganhando vida e inusitado  e sabor,  com a adição de abacate, um molho de limão e coentro fresco(ou salsinha).

Tempo de preparação: 
Nível: Fácil
Porções: 
INGREDIENTES
  • 1 tomate
  • 1 Inglês pepino
  • ½ cebola vermelha média, cortada
  • 2 abacates, em cubos
  • 2 colheres de sopa extra-virgem ou óleo de girassol 
  • Suco de 1 limão médio (cerca de 2 colheres de sopa)
  • ¼ xícara  de coentro picado(ou salsinha)
  • 1 colher  rasa de chá  de sal marinho 

MODO DE PREPARO

  1. Coloque os tomates picados, pepino em fatias, cebola vermelha cortada, abacate picado e coentro picado em uma tigela grande.
  2. Regue com azeite de oliva (2 colheres de sopa), e suco de limão (2 colheres de sopa). Misture delicadamente para incorporar os ingredientes mas não  desfazer os cubinhos do abacate . Pouco antes de servir, acrescente o sal 
As castanhas-do-pará, pertencente ao grupo dos oleaginosas são grandes fontes de minerais, vitaminas, fibras e gorduras saudáveis. De acordo com os nutricionistas os oleaginosas são ótimas opções para prevenir o envelhecimento precoce, são riquíssimas em ácidos graxos(as gorduras que são boas para o nosso organismo), principalmente ômega 3, ômega 6, essenciais para o corpo, que tem funções antioxidante, aumento da imunidade e no combate aos radicais livre.
                       Vamos à Receita do Bolo:
INGREDIENTES
  • 1 copo de farinha de trigo 
  • 1 copo de farinha integral 
  • ¾ de copo de açúcar
  • 1 de copo de açúcar mascavo
  • 1 de colher de ahá de bicarbonatoçúcar
  • 1 pitada de sal
  • ¾ de copo de óleo de girassol ou azeite 
  • 1 de colher de ahá de baunilha
  • 3 ovos 
  • 3 bananas nanicas cortadas
  • 1 copo de castanha picadas em pedaços(não muito pequeno)
  • uva passas a gosto 
MODO DE PREPARO
Misture os ingredientes secos, depois os ovos, óleo,
baunilha e bananas. Coloque a castanha e as passas
e misture mais um pouco. Prepare uma forma
untada e polvilhada. Despeje a massa na forma e
asse em forno pré-aquecido à 180°, por 45 minutos


Imagem: doutissima


INGREDIENTES

  •  1 ½ xícara (chá) de farinha de arroz
  • 1 ½ xícara (chá) de polvilho doce
  • 1 colher (sopa) de sal*
  •  1 ½ colher (sopa) de fermento biológico instantâneo
  •  3 colheres (sopa) de azeite
  • ½ xícara (chá) de chia
  •  3 colheres (sopa) de açúcar mascavo
  •  1 ½ xícara (chá)de água morna


* A receita original pede 1 colher de sopa de sal, porém você pode colocar menos!

MODO DE PREPARO


Misture a farinha de arroz, polvilho doce, chia, azeite, fermento, sal, açúcar mascavo e a água.
Coloque a massa numa forma untada e solte o gergelim por cima com um pouco de azeite para “grudar” melhor.

Deixe crescer por 40 minutos e asse por 35 minutos em forno médio.

Fonte: www.novotempo.com/vidaesaude


 

As ervas e as especiarias além de dá um toque especial aos alimentos, traz benefícios à saúde, pois possuem propriedades medicinais e são ricas em antioxidantes. Ao realçar o sabor dos alimentos, ela proporciona um outro grande benefício, já que com isso "reduz-se a necessidade de usar muito sal" o qual retém líquidos no organismo e eleva a pressão arterial. Sendo assim, é indispensável no nosso dia-a-dia para o preparo dos mais diversos pratos. Só não devem ser usadas em excesso, pois podem mascarar o sabor de outros alimentos!
 Imagem: www.hgtv.com

A maioria das ervas são muito utilizadas na culinária francesa, principalmente na região do mediterrâneo e  são encontradas nas feiras supermercados. E o melhor: Podem ser plantadas em vasos pequenos para ser consumidas frescas e assim melhor aproveitar o seu aroma e sabor além de poder usá-las para fazer deliciosos e terapêuticos chás.  

No universo dos temperos, alho, sal e cebola são a trilogia básica usada para dar sabor aos alimentos, mas na hora de preparar uma refeição especial e trazer à tona novos sabores, o básico já não serve. Para isso, é importante conhecer os temperos e saber quando usá-los e como combiná-los.

Vamos então conhecer alguns desses temperos, que também são chamados de ervas aromáticas:

ALECRIM
Tem sabor fresco e doce, o alecrim é recomendado no preparo de uma grande variedade de carnes e alguns pratos de peixe. Dá sabor especial às batatas e azeites, sopas de legumes e outras. Pode ser usado como decoração em pratos prontos antes de servi-los.
CEBOLINHA
Cebolinha, tanto crua como cozida, é muito usada nas cozinhas chinesa e ocidental. É indispensável no preparo de saladas, sanduíches, sopas e omeletes. Dá sabor especial a queijos cremosos e patês. Pode decorar pratos prontos, antes de serem servidos. Veja aqui: como cultivar cebolinha em um copo com água.


CEREFÓLIO
Semelhante à salsa, o cerefólio é uma erva originária da região mediterrânea da Europa, sendo conhecido como "folha da alegria". Muito usada na cozinha francesa, de aroma delicado, o cerefólio pode ser usado em tudo o que leva salsa: omeletes, saladas, vinagretes, molhos com creme e sopas. Procure acrescentar ao prato cozido, no último instante.



COENTRO
Muito conhecido da cozinha brasileira, em especial da cozinha do Norte e Nordeste, o coentro tem um aroma singular que combina muito com pratos como: moquecas e caldos de peixe. Também usado em saladas de tomate, coentro e azeite. Faz parte do famoso molho curry.




ENDRO DILL
Na Índia, existe uma longa tradição com o endro dill, tanto culinária quanto medicinal. As suas folha dão um sabor suave e agradável à comida pouco temperada como arroz, sopas, saladas e peixes. Suas sementes e folhas são essenciais no preparo de picles. Também faz parte dos ingredientes do molho curry


HORTELÃ
Aromática e perfumada, a hortelã é básica na cozinha árabe, tanto no preparo de pratos típicos quanto na decoração. Também é muito usada no preparo de chás, assados e grelhados, em geral. É indicada para enriquecer sobremesas. 



MANJERICÃO
O manjericão, 
(possui várias espécies) é ideal para saladas, pratos de massa, omeletes, sanduíches e molhos à base de tomate. As folhas do manjericão são muito delicadas. Procure acrescentá-las ao prato cozido, no último instante.  As folhas são usados cruas em molhos, massas como pizzas e em saladas e também para fazer molho pesto.

MANJERONA
A manjerona t
em sabor semelhante ao orégano, "com sabor mais acentuado",   é muito popular na cozinha grega e italiana. São usadas no preparo de pratos como carne, sopas, molho de tomate, pizzas, e para dar sabor em óleos em geral. Ótimo no preparo de condimentos para suflês, omeletes, batatas e pratos com queijo.





ORÉGANO
De sabor forte e aromático, o orégano combina bem com tomate fresco, molhos à base de tomate, especialmente em pizzas. Pode, também, ser usado em omeletes, assados e pratos com queijo. Faz parte do famoso *Fines Herbes (tempero francês com várias ervas).




SALSÃO/AIPO
Com folhas aromáticas e saborosas, é indicado para dar sabor a legumes, sopas, cozidos, peixes, aves e assados em geral.





SALSINHA
De aroma suave e agradável, é indispensável no preparo de saladas, sopas, molhos e temperos em geral. Quando cozida, a salsinha destaca o sabor do prato principal. Geralmente é usada no clássico *Bouquet Garni (
clássico tempero usado na culinária francesa).






SÁLVIA
Suas folhas aveludadas emprestam fina decoração em pratos prontos para servir. A sálvia é muito usada na cozinha alemã e do norte europeu. Pode ser usada em molhos, aves e peixes, como também em biscoitos, e as folhas cruas pode temperar saladas.



TOMILHO
Muito popular na Europa Mediterrânea, é parte essencial dos famosos Fines Herbes* e Herbes de Provence* (temperos franceses com várias ervas) e do clássico Bouquet Garni*. Combina com ensopados, a
romatizando os guisados, patês, molhos e pães. Vai bem em peixes e frango, tempera queijos, compõe molhos, dá sabor especial a caldos, sopas. Deve ter cuidado e moderação ao usá-lo, pois o seu sabor  pode roubar o sabor no qual sempre entra como um coadjuvante.


*Bouquet Garni(clássico tempero na culinária francesa). Tem as combinações de ervas: Tomilho, louro, salsa, salsão e alecrim.
*Herbes de Provence: manjericão, manjerona, alecrim, segurelha, tomilho, flores de lavanda e louro em proporções diversas.





Ingredientes:

200gr de farinha integral (ou farelo de trigo)
100gr de floco de centeio (ou de quinoa)
700ml de água (morna)
200ml de óleo
1colher sopa de sal
3 colheres de sopa de açúcar mascavo
50g de fermento biológico fresco
1/2 xic. de linhaça (triturada)
1/2 xic. de gérmem de trigo
*Acrescente castanha do Pará triturada e Semente de girassol também triturada
Farinha de trigo branca ( aproximadamente 1KG )

Modo de fazer:

Coloque em uma bacia a água morna o óleo, o fermento e o açúcar mascavo.
Acrescente os demais ingredientes menos a farinha branca.
Por último a farinha branca até dar o ponto.
É importante que deixe sovar bem ( bata bem a massa).
Colocar farinha, mas que a massa fique macia e desgrude da mão.
Coloque para crescer tampando com um pano .
Depois de crescido coloque na forma e deixe crescer mais um pouco já no forno e coloque para assar.


*OBS : Não é necessário que coloque todos estes grãos . Você poderá colocar os grãos que desejar